banner_header

Foi esta semana que foi disputada a sexta jornada da Worten Game Ring Master League Portugal by ASUS, depois de cinco jornadas de Counter Strike ao mais alto nível chegou finalmente a altura de começar a tomar decisões sobre quais serão as quatro equipas que estarão presentes no XL Games World para disputar a fase final da liga.

Duas das quatro equipas estavam já decididas duas vagas, OFFSET e Giants já tinham conseguido na jornada anterior garantir a presença na fase final portanto estas duas últimas jornadas poderiam ser mais tranquilas para estas duas equipas.

O primeiro jogo da jornada colocou frente a frente as equipas da For the Win e dos Grow uP, um jogo importante para ambas as equipas, no entanto, por motivos bem diferentes, se por um lado a FTW continuava na luta para conseguir garantir a vaga na fase final da liga, enquanto que os uP continuavam a luta para conseguir todos os pontos possíveis e quem sabe, garantir mesmo a manutenção na liga. Os mapas escolhidos para a partida foram Dust2 e Nuke, desde cedo a equipa da For the Win demonstrou o seu domínio na partida ao vencer no dois mapas sem grandes dificuldades, 16-7 em Inferno e 16-5 em Nuke. A equipa da FTW ficava assim a um passo de se qualificar para a fase final, no entanto ainda haviam muitas contas para fazer após os jogos tanto dos Galatics como dos eXploit para se conseguir ter mais certezas relativamente a quem iria conseguir garantir a qualificação para a Altice Arena.

Logo de seguida foi a vez das equipas dos GTZ Bulls e OFFSET entraram no servidor para disputar aquele que para muitos seria o jogo da semana, apesar da equipa de Renato “stadodo” Gonçalves ter o seu lugar na fase final já garantido, os GTZ Bulls precisavam desesperadamente de pontuar para manter a esperança de chegar à fase final matematicamente viva. Os mapas escolhidos para a partida foram  Vertigo e Dust2, duas escolhas que demonstraram claramente a tentativa desesperada dos GTZ Bulls de chegar aos pontos estando ainda fresca na memória a derrota pesada que os OFFSET sofreram em Vertigo pelas mãos dos GIants. Mesmo assim quem acabou por levar a melhor foi mesmo a equipa de Francisco “obj” Ramos que apesar de ter sofrido conseguiu fugir com a vitória na partida, 16-14 e 16-13 foram os resultados dos mapas, ficando evidente tanto a capacidade da equipa dos GTZ Bulls de discutir a partida de igual para igual com o seu adversário, no entanto, não foi suficiente tendo assim ficado de fora das contas para o apuramento para a fase final depois de terem sido vice-campeões na temporada passada.

O segundo dia da sexta jornada da quarta edição da Worten Game Ring Master League Portugal by ASUS tinha em destaque dois jogos em que se poderiam decidir algumas coisas sobre qual seria o elenco a estar presente na fase final da liga. E o dia começou mesmo com um duelo entre os já apurados Giants e a equipa surpresa da liga, os Galatics. Os mapas escolhidos para a partida foram Dust2 e Train, dois mapas que já vêm a ser habituais nos jogos dos Galatics, já para o lado  dos Giants a escolha de Train surpreende um pouco, era um mapa que até à data era um dos terrenos a evitar por parte da equipa de Cláudio “cunha” Cunha mas que no entanto temos vindo a ver o mapa a surgir lentamente na map pool da equipa Portuguesa. Apesar da pequena surpresa, os Giants não revelaram qualquer tipo de desconforto em qualquer um dos mapas ao conseguirem duas vitórias sólidas na partida por 16-9 em Dust2 e 16-4 em Train. Mais uma vitória para os Giants que seguem apenas com um mapa perdido em toda a fase regular da liga enquanto que os Galatics adiaram assim as contas do seu apuramento para a sétima jornada da liga onde irão defrontar os seus concorrentes directos, os eXploit.  

O jogo que fechou a jornada colocou frente a frente as equipas dos eXploit e EGN, à imagem do jogo da primeira jornada, era uma partida de grande importância para ambas as equipas mas mais uma vez, por motivos bem diferentes, se por um lado os eXploit tinham a hipótese de colocar um pé já na fase final da liga, os EGN continuavam na luta de tentar dar um passo em direção à possibilidade de evitar a despromoção da liga. Os mapas escolhidos para o jogo foram Train e Inferno. E eis que a surpresa surgiu mesmo no jogo, desde cedo que a equipa dos EGN demonstrou que não veio para o servidor para vender a derrota barata e conseguiram mesmo surpreender os eXploit com uma vitória em Train por 16-11, e se só este mapa chegava para complicar as contas, o que aconteceu em Inferno não trouxe qualquer tipo de tranquilidade à equipa de Fábio “BuJ” Ferreira, mais uma vez, com Bernardo “gotah” Amorim à cabeça, as abelhas conseguiram encostar os eXploit às cordas chegando mesmo a estar a vencer por 14-8, no entanto, e apesar de não ter sido capaz de vencer o jogo dentro do tempo regulamentar, os eXploit acabaram mesmo por vencer a partida por 19-15.

Com este resultado, a equipa da FTW ficou automaticamente apurada para a fase final da liga ficando assim com o seu lugar na final four assegurado para grande surpresa da maioria dos críticos. Já os EGN não viram o seu destino selado nesta jornada, ficando ainda assim obrigados a repetir a façanha desta semana frente aos OFFSET na última jornada da liga, isto claro, se a equipa dos GTZ Bulls perder por 2-0 frente aos Grow uP, já as equipas dos Galatics e eXploit vão lutar na última jornada pela última vaga na fase final da liga onde já estão garantidas as equipas dos Giants, OFFSET e For The Win. 

Por isso não percas já a partir das 20 horas da próxima segunda feira uma jornada de decisões e que promete deixar as emoções à flor da pele!

João “Coontag” Braga

Leave a Reply

%d bloggers like this: